Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Eleições da Líbia carecem de base para o sucesso, diz chefe do Conselho Superior

As pessoas fazem uma manifestação para protestar contra as leis eleitorais e contra a tentativa de realizar eleições sem uma Constituição, em 30 de novembro de 2021 em Trípoli, na Líbia. [Hazem Turkia/Agência Anadolu]
As pessoas fazem uma manifestação para protestar contra as leis eleitorais e contra a tentativa de realizar eleições sem uma Constituição, em 30 de novembro de 2021 em Trípoli, na Líbia. [Hazem Turkia/Agência Anadolu]

O atual processo eleitoral da Líbia carece de bases legais ou procedimentais para o sucesso, disse ontem o presidente do Conselho Superior de Estado, Khaled Al-Mishri.

Em declarações ao chefe da Missão de Apoio das Nações Unidas na Líbia, Jan Kubis, na capital Trípoli, Al-Mishri acrescentou: “O Conselho Supremo acredita que as eleições marcadas para 24 de dezembro não chegarão ao seu último momento, que é o reconhecimento e a aceitação”.

As eleições enfrentarão muitos obstáculos, acrescentou, e o conselho está procurando maneiras de superá-los que levem à estabilidade.

À medida que a data da eleição se aproxima, as disputas sobre as leis eleitorais continuam entre a Câmara dos Representantes e o Conselho Supremo de Estado, o governo de unidade e o Conselho Presidencial.

Em 24 de novembro, a Alta Comissão Eleitoral anunciou uma lista primária de 73 candidatos para as eleições presidenciais, incluindo o renegado general Khalifa Haftar, além de outra lista que incluía 25 candidatos excluídos, incluindo Saif Al-Islam Kadafi, filho do ex-líder líbio Muamar Kadafi.

LEIA: Missão da ONU na Líbia condena ataque ao tribunal de Sebha

Categorias
ÁfricaLíbiaNotíciaONUOrganizações Internacionais
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments