Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Filho de Kadafi é excluído de corrida presidencial líbia

Saif al-Islam, filho do ex-ditador líbio Muamar Kadafi [Twitter]

Saif al-Islam Kadafi, filho do falecido ditador líbio Muamar Kadafi, foi excluído das eleições presidenciais no país, marcadas para 24 de dezembro, confirmou nesta quarta-feira (24) uma fonte em condição de anonimato, segundo informações da agência Anadolu.

Conforme o relato, a decisão da justiça decorreu de sua condenação por crimes de guerra.

A fonte observou também que o filho do ex-presidente ainda não apresentou evidências à corte para tentar anular ou revogar suas acusações.

Em 2011, um grupo armado prendeu al-Islam na cidade de Alzintan, no oeste do país; posteriormente o encaminhou ao judiciário nacional. Naquele mesmo ano, o Tribunal Penal Internacional (TPI) emitiu um mandado de prisão por crimes de lesa-humanidade.

LEIA: Parlamentar líbio diz que há conspiração contra eleição do general Haftar

Em 2015, al-Islam foi condenado à morte por executar crimes de guerra, ao reprimir a revolução popular que tomou corpo contra seu pai. A sentença jamais foi adiante.

As eleições presidenciais e parlamentares da Líbia estão previstas para 24 de dezembro, sob um acordo firmado na Tunísia, em 15 de novembro do último ano, entre as forças políticas que disputam o país, sob mediação da Organização das Nações Unidas (ONU).

Categorias
ÁfricaLíbiaNotícia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments