Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

EUA enviam armas a grupos terroristas na Síria, afirma Erdogan

Presidente da Turquia Recep Tayyip Erdogan discursa à 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU, em Nova York, Estados Unidos, 21 de setembro de 2021 [Murat Kula/Agência Anadolu]
Presidente da Turquia Recep Tayyip Erdogan discursa à 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU, em Nova York, Estados Unidos, 21 de setembro de 2021 [Murat Kula/Agência Anadolu]

Nesta quinta-feira (23), o Presidente da Turquia Recep Tayyip Erdogan acusou os Estados Unidos de transferirem armas e munição a grupos terroristas na Síria e alertou que seu país não permanecerá passivo diante de tais ocorrências.

Erdogan está em Nova York para a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU.

Ao conversar com repórteres, o líder turco insistiu que seu governo trabalhou bem com os ex-presidentes americanos George W. Bush, Barack Obama e Donald Trump, ao contrário de um início conturbado com o governo de Joe Biden, até então.

“Não posso dizer com honestidade que há um processo saudável nas relações turco-americanas”, argumentou Erdogan. “Veja bem, compramos jatos F-35, pagamos US$1.4 bilhões e tais aeronaves F-35 jamais nos foram entregues”.

“É minha esperança que, como aliados da OTAN [Organização do Tratado do Atlântico Norte], possamos nos tratar com mútua amizade, e não hostilidade”, reiterou Erdogan. “Mas a trajetória atual não traz bons presságios”.

LEIA: Primeira-dama da Turquia lança livro sobre suas visitas à África

Categorias
Ásia & AméricasEstados UnidosNotíciaONUOrganizações InternacionaisOriente MédioSíria
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments