Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Mourão vai inaugurar pavilhão do Brasil na feira mundial de Dubai

Vice-Presidente da República, General Hamilton Mourão durante entrevista coletiva, em Brasília, 11 de fevereiro de 2020 [Alan Santos/PR]

O vice-presidente do Brasil, Hamilton Mourão, estará na abertura da Expo 2020 Dubai, exposição universal que ocorrerá a partir do dia 1º de outubro em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, para inaugurar o pavilhão do Brasil, noticiou a ANBA. A Expo 2020 é uma mostra mundial que tornou-se alvo de críticas contundentes na Europa, com possibilidade real de boicote por diversos países da União Europeia aos cinco meses de evento. A detenção do ativista Ahmed Mansoor levou o Parlamento Europeu a apoiar uma resolução para que estados-membros não participem da feira mundial no país do Golfo, além de suspender a exportação de tecnologia de vigilância a Abu Dhabi.

Segundo a ANBA, Mourão será a principal autoridade brasileira presente na abertura da exposição. Ele vai inaugurar o pavilhão do Brasil na manhã de 1º de outubro – a mostra seguirá por seis meses até 31 de março de 2022. Será o vice-presidente quem cortará a fita do espaço brasileiro, que ficará no distrito da Sustentabilidade da Expo.

“A Expo Dubai será um evento importante para mostrar ao mundo os esforços do Governo Brasileiro na busca do desenvolvimento sustentável, sobretudo na Amazônia Legal, aliado à proteção e preservação da floresta. Também é uma excelente oportunidade para atrair negócios, otimizando o agronegócio e a economia industrial, promover o turismo, a inovação e diversificar os mercados internacionais”, informa a assessoria da Vice-Presidência.

LEIA: Europa propõe boicote a feira mundial de Dubai, adiada pela pandemia

O pavilhão do Brasil vai destacar sustentabilidade com o tema “Together for Sustainable Development” (Juntos pelo Desenvolvimento Sustentável), dividido em natureza, pessoas e amanhã. Os subtemas serão “Together for Nature, Together for People e Together for Tomorrow” (juntos pela natureza, juntos pelas pessoas e juntos pelo amanhã).

Em Dubai, Mourão também participará do Fórum de Sustentabilidade Econômica na Região Amazônica entre Brasil e Emirados Árabes Unidos, no dia 03 de outubro. A organização do evento, que acontecerá no Hotel Conrad com transmissão online, é da Câmara de Comércio Árabe Brasileira, com parceria da Embaixada do Brasil nos Emirados Árabes Unidos, Ministério da Economia dos Emirados Árabes Unidos, União das Câmaras Árabes e Federação das Câmaras de Comércio e Indústria dos Emirados Árabes Unidos.

O vice-presidente brasileiro cumpre agenda nos Emirados de 1º a 4 de outubro, de acordo com informações dadas pela Vice-Presidência para a ANBA. Além de inaugurar o pavilhão do Brasil e estar no fórum, ele deve visitar os outros pavilhões da Expo 2020 Dubai, ter reuniões com autoridades dos Emirados Árabes Unidos e participar de encontro empresarial organizado pela Câmara Árabe. Na ida aos Emirados, Mourão passará pelo Egito, e na volta pela Grécia.

Ao defender o boicote à Expo 2020 Dubai, o Parlamento Europeu reportou que “autoridades dos Emirados Árabes Unidos violaram os direitos de Ahmed Mansoor por mais de dez anos, com prisão arbitrária, ameaças de morte, agressão física, vigilância do governo e tratamento desumano em custódia” e convidou “empresas estrangeiras a retirar seu patrocínio da feira mundial de Dubai e encorajar estados-membros a não participar do evento … a fim de expressar seu repúdio às violações de direitos humanos nos Emirados Árabes”.

Categorias
América LatinaÁsia & AméricasBrasilEmirados Árabes UnidosNotícia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments