Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Gantz alega que atenuar cerco a Gaza deve ser feito com ‘calma’

Ministro da Defesa de Israel Benny Gantz em Jerusalém ocupada, 2 de dezembro de 2020 [Alex Kolomiensky/AFP via Getty Images]

O Ministro da Defesa de Israel Benny Gantz advertiu nesta quarta-feira (1°) que o processo de abertura do cerco militar imposto à Faixa de Gaza deve ser feito com calma, segundo informações da agência de notícias Sama.

Gantz reiterou que atenuar o bloqueio israelense, após quase 15 anos, levará a uma melhora nas condições de vida dos palestinos em Gaza.

“Contudo, caso não tenhamos calma, sabemos como conduzir contramedidas”, alertou o ministro em entrevista à emissora israelense Channel 12.

Mais cedo, autoridades da ocupação anunciaram uma série de medidas para mitigar restrições a Gaza, dentre as quais extensão da zona de pesca a 15 milhas náuticas, aumento nas remessas hídricas e no fluxo de bens palestinos a Israel.

Segundo o governo israelense, a travessia de Kerem Shalom (Karem Abu Salam) será completamente reaberta.

O número de palestinos com permissão para transportar bens via Erez (Beit Hanoun) ao território considerado Israel — isto é, ocupado durante a Nakba, via limpeza étnica, em 1948 — será ampliado de 2 mil a 7 mil comerciantes.

LEIA: Premiê de Israel pune Gantz por reunir-se com Autoridade Palestina

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments