Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Netanyahu acusa Lapid de render-se ao Hezbollah sobre disputa de fronteiras

Então premiê israelense Benjamin Netanyahu, em 21 de novembro de 2012, em Jerusalém ocupada [Lior Mizrahi/Getty Images]

O ex-premiê israelense e chefe da oposição Benjamin Netanyahu acusou o incumbente Yair Lapid de render-se a ameaças de Hassan Nasrallah – secretário-geral do movimento libanês Hezbollah –, sobre o campo de gás natural de Karish, radicado em águas disputadas do Mar Mediterrâneo.

“Lapid dobrou-se absolutamente às ameaças do Hezbollah”, insistiu Netanyahu nesta quarta-feira (21), em sua página do Twitter. “Lapid quer entregar recursos ao Líbano – um campo de gás natural estimado em bilhões de dólares”.

O líder israelense alegou ainda que Nasrallah quer vender os insumos energéticos de Karish para comprar foguetes eventualmente utilizados contra o estado sionista.

Em vídeo de campanha, declarou o ex-premiê: “Com sua ajuda em 1º de novembro, o partido Likud – sob minha liderança – substituirá o governo fraco e perigoso de Lapid por um governo estável de direita, pelos próximos quatro anos – um governo capaz de retomar para Israel sua segurança e dignidade nacional”.

LEIA: Israel não descarta escalada militar contra o Hezbollah, diz oficial

Lapid respondeu ao descrever a propaganda política de Netanyahu como “terrivelmente irresponsável”. “Negociações complexas estão em curso nos Estados Unidos”, reiterou o chanceler e primeiro-ministro. “Suas afirmações prejudicam as negociações, assim como interesses econômicos, diplomáticos e de segurança de nosso país”.

Um porta-voz alegou nesta semana que a atual gestão crê que é “possível e necessário” chegar a um acordo sobre as fronteiras marítimas entre Líbano e Israel. “É possível fazê-lo de maneira a servir os interesses dos cidadãos de ambos os países”, declarou a fonte.

Negociações indiretas continuam para determinar direitos territoriais no Mar Mediterrâneo. Nasrallah advertiu para suposta retaliação caso Tel Aviv busque extrair gás natural de Karish antes de firmar um novo acordo de fronteira.

Israel enfrenta sua quinta campanha eleitoral em menos de quatro anos.

Categorias
IsraelLíbanoNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments