Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Irã acusa AIEA de vazar informações confidenciais

Behrouz Kamalvandi, porta-voz da Organização de Energia Atômica do Irã (OEAI), em Teerã, 17 de julho de 2018 [ATTA KENARE/AFP/Getty Images]

Nesta quinta-feira (28), o regime iraniano acusou a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) de publicar “dados confidenciais” sobre a república islâmica, ao alertar que tomará “todas as medidas necessárias para pôr um fim ao problema”.

Behrouz Kamalvandi, porta-voz da Organização de Energia Atômica do Irã (OEAI), insistiu em nota que a disseminação de informações secretas tornou-se “método” adotado pela agência, ao divulgar periodicamente “dados parciais e detalhados sobre o programa nuclear iraniano”.

“Considerando a reincidência da publicação de documentos do Irã, parece haver uma tendência em curso, sob influência de certos países com certos objetivos, parte dos quais travam contra nós uma guerra psicológica”, acrescentou Kamalvandi, segundo a imprensa local.

“Não há qualquer razão para publicar tais informações”, reiterou.

Kamalvandi advertiu ainda que Teerã será forçado a “agir para impedir a situação”, por exemplo, ao repensar a forma como interage com a agência, caso o problema persista.

LEIA: Irã impõe restrições ao monitoramento de instalações nucleares, diz a AIEA

Categorias
AIEAIrãNotíciaOrganizações InternacionaisOriente Médio
Show Comments
Show Comments