Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Argélia prende ex-candidato à presidência da Tunísia

Apoiadores do presidenciável tunisiano Nabil Karoui exibem cartazes em protesto por sua soltura na frente do tribunal de Túnis, em 3 de setembro de 2019 [Nacer Talel/Agência Anadolu]

Autoridades argelinas prenderam neste domingo (29) o ex-presidenciável tunisiano e chefe do partido Coração da Tunísia, Nabil Karoui, acusado de corrupção e lavagem de dinheiro.

Segundo o jornal local Echorouk, Karoui foi preso na cidade fronteiriça de Tebessa, junto de seu irmão Ghazi, após “entrar clandestinamente” em solo argelino.

O político deve comparecer a uma audiência judicial na segunda-feira.

Karoui, dono da emissora tunisiana Nessma TV, foi libertado em 15 de junho após seis meses em custódia, sob acusações de lavagem de dinheiro e evasão de divisas. Em contrapartida, acusou seus adversários de conspirar para prendê-lo.

Fontes do Coração da Tunísia confirmaram que Karoui e outros membros do partido fugiram do país, após o presidente Kais Saied suspender o parlamento, revogar a imunidade de representantes eleitos e outorgar a si próprio poderes executivos.

LEIA: Saied usa estado de emergência é usado para restringir liberdades na Tunísia

Categorias
ÁfricaArgéliaNotícia
Show Comments
Show Comments