Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Ernesto Araújo pede demissão do cargo no Ministério das Relações Exteriores

Ernesto Araújo durante audiência pública na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado, em 5 de março de 2021 [Marcelo Camargo/Agência Brasil]
Ernesto Araújo durante audiência pública na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado, em 5 de março de 2021 [Marcelo Camargo/Agência Brasil]

Nesta segunda-feira, Ernesto Araújo decidiu se demitir do Ministério das Relações Exteriores, após forte pressão parlamentar. As informações são do Jornal O Globo.

A sua saída ainda não foi oficializada, mas ele comunicou sua demissão em reunião com assessores próximos.

Segundo fontes do Planalto, o chanceler terá uma reunião com o presidente Jair Bolsonaro hoje às 17h. Ele teria dito que não quer ser um problema para o governo.

Araújo integra a ala ideológica do governo, ocupando o cargo desde o início do mandato de Jair Bolsonaro e pede demissão em um momento em que o próprio presidente da República é alvo de críticas do Congresso em função das mortes na pandemia e de uma política externa que dificultou a chegada das vacinas ao Brasil.

LEIA: Permanência de Ernesto Araújo no Itamaraty se torna insustentável

Categorias
Ásia & AméricasBrasilNotícia
Show Comments
Show Comments