Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Primeiro embaixador dos Emirados em Israel entrega credenciais

Muhammad Al Khaja, primeiro embaixador dos Emirados Árabes Unidos em Israel, apresenta suas credenciais ao presidente israelense Reuven Rivlin, em Tel Aviv, 1° de março de 2021 [Mark Neyman/Agência Anadolu]
Muhammad Al Khaja, primeiro embaixador dos Emirados Árabes Unidos em Israel, apresenta suas credenciais ao presidente israelense Reuven Rivlin, em Tel Aviv, 1° de março de 2021 [Mark Neyman/Agência Anadolu]

Na segunda-feira (1°), Mohammad Mahmoud Al Khaja, primeiro embaixador dos Emirados Árabes Unidos em Israel submeteu suas credenciais diplomáticas ao presidente israelense Reuven Rivlin, reportou a agência Anadolu.

Al Khaja chegou a Tel Aviv após ambos os países normalizarem laços, em setembro último, medida contestada regional e internacionalmente por negligenciar as reivindicações históricas dos árabes e palestinos.

No Twitter, Rivlin anunciou ter recebido as credenciais de Al Khaja e destacou: “Há muita coisa que israelenses e emiradenses podem fazer juntos, em nome do progresso de nossos povos e de todo o Oriente Médio, em cooperação, respeito mútuo, prosperidade e paz”.

Em reunião separada, Al Khaja também debateu “formas de melhorar a cooperação” com o Ministro de Relações Exteriores de Israel Gabi Ashkenazi, conforme reportou o diplomata árabe em sua página do Twitter.

De sua parte, declarou Ashkenazi:

Este é um importante marco nas relações entre nossos países. Dou boas-vindas à sua chegada, para promovermos a abertura de uma embaixada emiradense, além de inauguração rápida de missões israelenses nos Emirados.

Al Khaja deve deixar Israel nesta quarta-feira (3) e retornar posteriormente para assumir seu novo cargo, após instalada a Embaixada de Abu Dhabi em Tel Aviv.

Em janeiro, Al Khaja realizou seu juramento como embaixador emiradense a Israel.

Em 2020, Emirados Árabes Unidos, Bahrein, Sudão e Marrocos anunciaram uma controversa onda de acordos de normalização com a ocupação israelense. Líderes e ativistas palestinos denunciam o avanço como traição à causa palestina.

Israel indicou Eitan Na’eh como chefe da missão temporária em Abu Dhabi, até a nomeação de um representante permanente.

Categorias
Emirados Árabes UnidosIsraelNotíciaOriente MédioVídeos & Fotojornalismo
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments