Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Rachel Corrie é condecorada com o prêmio palestino ‘Estrela da Liberdade’

Craig e Cindy Corrie falam de sua filha Rachel, atropelada por um trator israelense em Gaza, durante coletiva de imprensa no Capitólio, Washington DC, Estados Unidos, 19 de março de 2003 [Stephen Jaffe/AFP/Getty Images]
Craig e Cindy Corrie falam de sua filha Rachel, atropelada por um trator israelense em Gaza, durante coletiva de imprensa no Capitólio, Washington DC, Estados Unidos, 19 de março de 2003 [Stephen Jaffe/AFP/Getty Images]

O Presidente da Autoridade Palestina Mahmoud Abbas concedeu ontem (29) o prêmio “Estrela da Liberdade” à falecida ativista americana Rachel Corrie, como forma de honrá-la por seus sacrifícios em nome do povo palestino.

Durante chamada com os pais de Rachel, no Dia Internacional de Solidariedade ao Povo Palestino, Abbas exaltou a ativista por sua “fé na liberdade, justiça e dignidade” à população da Palestina ocupada.

Abbas também enalteceu Corrie por defender famílias palestinas cujas casas estavam prestes a serem destruídas pela ocupação israelense. “Ela perdeu sua vida em defesa dos seus princípios e valores”, declarou Abbas.

Prosseguiu: “O povo palestino sempre lembrará de Corrie como heroína que lutou por paz, dignidade e justiça. Seus sacrifícios permanecerão nas mentes e nos corações dos palestinos e defensores da liberdade por todo o mundo”.

Cindy Corrie, mãe de Rachel, agradeceu à condecoração: “Nossos corações estão com o povo palestino na Cisjordânia, Jerusalém Oriental e Gaza, e temos esperanças de que conquistem suas liberdades e seus direitos”.

“Prometemos continuar o trabalho da instituição de nossa filha para disseminar os valores e princípios de Rachel, que acreditava na paz e justiça a todos”, concluiu Cindy.

Rachel Corrie, ativista nascida em Olympia, Estados Unidos, tinha 23 anos quando foi esmagada e morta por um trator israelense, em 16 de março de 2003, enquanto exercia seu direito de protesto pacífico contra a demolição da casa de uma família palestina.

LEIA: Semana de Solidariedade à Palestina tem início na América Latina

Categorias
Ásia & AméricasEstados UnidosNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Show Comments