Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Gravação revela Netanyahu chamando rival de ‘cachorrinho’

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, ouve o ex-ministro da Educação Naftali Bennett, durante reunião de gabinete semanal em 30 de agosto de 2016, em seu escritório em Jerusalém. [AFP/Pool/Abir Sultan/Getty Images]
O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, ouve o ex-ministro da Educação Naftali Bennett, durante reunião de gabinete semanal em 30 de agosto de 2016, em seu escritório em Jerusalém. [AFP/Pool/Abir Sultan/Getty Images]

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netayahu, foi ouvido chamando seu rival de direita, Naftali Bennett, de “cachorrinho” em gravações que datam de 2018, revelou a mídia local no último sábado (14).

A gravação foi transmitida pelo Canal 13 da TV israelense, que informou que iria transmitir mais gravações hoje.

De acordo com o Times of Israel, a gravação foi feita por Nir Hefetz, um ex-assessor de Netanyahu que, mais tarde, tornou-se testemunha estatal em uma série de casos de corrupção contra o primeiro-ministro israelense.

O Canal 13 disse, ainda, que as gravações entre Netanyahu e Hefetz aconteceram quando Bennett, à época ministro da Educação, criticou o primeiro-ministro por suas acusações criminais, dizendo: “Receber benefícios de uma forma tão ampla, por um período tão longo, não corresponde às expectativas dos israelenses”.

Netanyahu também foi ouvido concordando com Hefetz de que Bennett seria um “tolo”.

LEIA: Gantz pondera expulsar Netanyahu

O Times of Israel divulgou resposta de Bennett afirmando que “os ataques pessoais de Netanyahu não me ferem, mas suas considerações pessoais ferem a todos nós”.

“Se a coragem de trabalhar pelos cidadãos de Israel superasse seu medo pelo meu sucesso, ele provavelmente teria evitado o enorme sofrimento econômico, de saúde e mental de milhões de cidadãos israelenses.”

Bennett concluiu: “É hora de uma nova liderança em Israel”.

Categorias
IsraelNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments