Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Refugiados palestinos no Líbano pedem plano de emergência da UNRWA

1
Campo de refugiados palestinos em Beirtue, 24 de setembro de 2021 [Nicolas Maeterlinck/AFP via Getty Images]

Refugiados palestinos no campo de Ein al-Hilwa, no Líbano, organizaram uma manifestação em frente a uma clínica administrada pela Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados da Palestina (UNRWA), para reivindicar um plano de emergência para a comunidade no país.

As informações são da rede de notícias Quds Press.

O protesto foi convocado pelo Movimento Independente Unificado, grupo formado por jovens refugiados após um decreto do governo libanês, emitido em 2019, para impedir a comunidade palestina de exercer certas profissões

Dezenas de refugiados participaram do ato.

“A manifestação integra as ações em curso dos refugiados palestinos no Líbano que exigem um estado de emergência, junto a um plano urgente de assistência social, sanitária e educacional”, explicou Ibrahim Mi’ari, membro do grupo que coordenou o ato.

Os cortes nos serviços da UNRWA afetam as condições de vida e o acesso à saúde dos cidadãos na diáspora, reiterou Mi’ari.

LEIA: A UNRWA é considerada “neutra”, mesmo quando a ajuda humanitária é politizada

“A difícil situação econômica do Líbano agravou o sofrimento e a tragédia dos refugiados, com aumento astronômico da pobreza, do desemprego e do desespero”, acrescentou.

Mi’ari pediu a todas as partes relevantes que declarem os refugiados palestinos no Líbano como população atingida por desastre, a fim de formalizar socorro imediato.

Categorias
IsraelLíbanoNotíciaONUOrganizações InternacionaisOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments