Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Erdogan condena alerta dos EUA a bancos turcos por uso de sistema da Rússia

Logotipo do sistema de pagamentos MIR, desenvolvido na Rússia, em 14 de março de 2022 [AFP/Getty Images]

O Presidente da Turquia Recep Tayyip Erdogan condenou os alertas dos Estados Unidos sobre eventuais sanções a bancos turcos por adotarem o sistema de transações e pagamentos MIR, desenvolvido na Rússia, reportou a agência de notícias Anadolu.

Em coletiva de imprensa realizada nesta quinta-feira (22) na Câmara Turca de Nova York, no fim de sua visita aos Estados Unidos, Erdogan reafirmou: “Tais declarações são incongruentes com nossas relações de amizade e comércio”.

Erdogan viajou a Nova York para participar da Assembleia Geral das Nações Unidas.

Erdogan destacou que sanções ao regime no Kremlin serão avaliadas por ministros turcos para serem abordadas devidamente. Segundo o presidente, autoridades relevantes avaliam opções; uma decisão final deve ser anunciada após reunião nesta sexta-feira (23).

Na última semana, o Departamento de Controle de Recursos Estrangeiros da Secretaria do Tesouro dos Estados Unidos (OFAC) advertiu instituições internacionais contra novos acordos ou expansão de acordos vigentes com o sistema de transações da Rússia.

Moscou permanece sob sanções ocidentais devido a sua invasão militar na Ucrânia. A Turquia, no entanto, não implementou o embargo e busca promover-se como mediador do conflito.

LEIA: Se o Ocidente não tomar cuidado, a Rússia fará dos Bálcãs uma segunda frente

Categorias
Ásia & AméricasEstados UnidosEuropa & RússiaNotíciaRússiaTurquia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments