Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Turista espanhola em roupas ‘imodestas’ causa indignação em Al-Aqsa

Mesquita de Al-Aqsa, em Jerusalém ocupada [Ana Ramos Gutiérrez/Instagram]

Indignação tomou conta das redes sociais após uma turista espanhola com um vestido justo e curto – com corte na altura da coxa – adentrar na Mesquita de Al-Aqsa, na cidade ocupada de Jerusalém Oriental, junto de um grupo de colonos israelenses que invadia o santuário islâmico.

Fotografias da mulher ao lado do Domo da Rocha circularam online, nas quais é vista com um xale sobre o busto e ombros. Em outras imagens, nas escadarias da mesquita, a turista é vista com as pernas nuas.

Album de fotos compartilhado por Ana Ramos Gutiérrez de Jerusalém [@anaramosgutierrez/Instagram]

Como em muitos locais religiosos – incluindo cristãos e judaicos –, há códigos de vestimenta a serem respeitados.

A Mesquita de Al-Aqsa não é aberta a turistas, embora forças israelenses permitam sua entrada nas áreas de oração via portão de al-Mughrabi – controlado por soldados da ocupação. Colonos costumam invadir o templo para executar rituais talmúdicos, em violação dos acordos firmados entre líderes palestinos e israelenses.

LEIA: Meshaal diz que Israel está intensificando ataques à Mesquita de Al-Aqsa

Categorias
EspanhaEuropa & RússiaIsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments