Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Tenistas paralímpicos do Iraque recusam partida com israelense na Romênia

Tenistas paralímpicos iraquianos Nasr Mahdi e Mohammad al-Mahdi
Tenistas paralímpicos iraquianos Nasr Mahdi e Mohammad al-Mahdi

Dois tenistas paralímpicos do Iraque deixaram um torneio internacional na Romênia para evitar uma chave contra um oponente israelense.

Nasr Mahdi e Mohammad al-Mahdi se recusaram a enfrentar o adversário do estado ocupante durante o Open de Tênis de Cadeira de Rodas de Bucareste 2022, confirmou nesta quinta-feira (11) Majid al-Ugaili, presidente da Federação de Tênis do Iraque.

O tênis de cadeira de rodas é idêntico à modalidade tradicional, salvo permissão aos atletas para tocar a bola duas vezes com suas raquetes.

O torneio – com início em 15 de agosto – é parte da iniciativa “Performance sem limites”, parceria entre a Fundação Licinium e a Federação Internacional de Tênis.

Israel é frequentemente acusado de utilizar sua presença em eventos culturais, esportivos ou beneficentes para encobrir seus abusos de direitos humanos. Diversos atletas árabes foram a público para rechaçar a normalização de laços com a ocupação por meio do “sportswashing”.

Neste ano, o atleta kuwaitiano Muhammad al-Awadi – de 14 anos – retirou-se do Campeonato de Tênis de Dubai após ser sorteado para enfrentar um adversário israelense.

O judoca argelino Fethi Nourine ganhou as manchetes ao deixar o torneio dos Jogos Olímpicos de Tóquio, na modalidade até 73 kg. Nourine foi sorteado para disputar a segunda rodada com o israelense Tohar Butbul.

O Iraque não tem laços diplomáticos ou outros com Israel. A maioria de seus grupos políticos rejeita qualquer normalização com o estado ocupante.

LEIA: Astro do futebol francês Pogba expressa solidariedade a Gaza

Categorias
Europa & RússiaIraqueIsraelNotíciaOriente MédioPalestinaRomêniaRússia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments