Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Hamas pede ao mundo que responsabilize Israel por seus crimes

Hazim Qasem, porta-voz do Hamas [hazemaq/Twitter]
Hazim Qasem, porta-voz do Hamas [hazemaq/Twitter]

O movimento palestino Hamas recorreu neste domingo (7) à comunidade internacional para pedir que Israel seja responsabilizado por seus crimes, confirmou o porta-voz Hazem Qasem.

Em entrevista à agência Anadolu, declarou Qasem: “Israel conduz crimes de guerra e terrorismo de estado contra os palestinos. É preciso responsabilizá-lo em todos os níveis”.

“A agressão israelense contra a Faixa de Gaza é continuidade da política da agressão contra palestinos não importa onde estejam, incluindo os territórios ocupados da Cisjordânia e de Jerusalém”, acrescentou. “A agressão israelense demanda resposta da resistência palestina, com intuito de pressionar ao inimigo o ônus de seus crimes”.

Qasem reafirmou urgência de prosseguir com o processo contra a ocupação israelense no Tribunal Penal Internacional (TPI), ao reiterar que os ataques contra Gaza e outros atos de violência nos territórios ocupados “equivalem a violações flagrantes da lei internacional”.

Israel encerrou três dias de bombardeio contra o pequeno território sitiado na noite deste domingo, conforme um cessar-fogo mediado pelo Egito.

Durante a campanha, foram mortos 44 palestinos – incluindo 15 crianças e quatro mulheres –, reportou o Ministério da Saúde do governo em Gaza, administrado pelo Hamas. Ao menos 360 pessoas ficaram feridas.

LEIA: Israel tem um ‘banco de alvos’ para ataques em Gaza, diz ministro da Inteligência

Categorias
ÁfricaEgitoIsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments