Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Comitê de política externa da União Europeia adota recomendações pró-Palestina

1
Bandeira da União Europeia em frente à sede da Comissão Europeia em Bruxelas, Bélgica, 6 de julho de 2021 [Dursun Aydemir/Agência Anadolu]

O Comitê de Relações Internacionais da União Europeia adotou nesta quarta-feira (13) uma série de recomendações favoráveis à Palestina, dentre as quais a continuidade do envio em tempo hábil de assistência financeira à Autoridade Palestina, a fim de evitar a obstrução de seus serviços e do trabalho de suas instituições.

O comitê reiterou a postura europeia a favor de um “processo de paz” baseado na legitimidade internacional e em resoluções relevantes das Nações Unidas, incluindo repúdio à construção de assentamentos ilegais, apoio à criação de um estado palestino, respeito às fronteiras anteriores a 1967 e reconhecimento de Jerusalém como capital de ambos os estados.

O comitê também reprovou uma proposta submetida por um grupo de deputados de direita e extrema-direita em repúdio ao currículo escolar palestino, para que o bloco europeu adotasse medidas contra suposto antissemitismo propagado por livros didáticos.

A deliberação também reafirmou o apoio da União Europeia à Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados da Palestina (UNRWA) e a necessidade de manter doações a suas operações essenciais destinadas à população carente.

Adel Attia, embaixador da Autoridade Palestina na União Europeia, enalteceu o resultado como “parte dos esforços diplomáticos … para impedir o lobby israelense de obstruir o envio de ajuda ao povo palestino, cujo objetivo é combater a crise causada pela ocupação, que incitou o atraso das remessas europeias no último ano”.

LEIA: Países europeus se recusam a interromper parceria com ongs palestinas

Categorias
IsraelNotíciaOrganizações InternacionaisOriente MédioPalestinaUnião Europeia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments