Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Turquia é contra entrada de Finlândia e Suécia na OTAN, afirma Erdogan

Presidente da Turquia Recep Tayyip Erdogan em Ancara, 9 de maio de 2022 [Mustafa Kamacı/Agência Anadolu]

O Presidente da Turquia Recep Tayyip Erdogan levantou dúvidas sobre a entrada de Finlândia e Suécia à Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), em meio a negociações de ambos os países para filiar-se à aliança militar após a invasão russa da Ucrânia.

“Estamos acompanhando os acontecimentos referentes a Finlândia e Suécia, mas não temos uma visão positiva sobre a questão”, declarou Erdogan à imprensa na sexta-feira (6).

LEIA: Taxa de cobertura das importações da Turquia aumenta em abril

A Turquia juntou-se à OTAN em 1952 e possui o segundo maior contingente da coalizão, composta por trinta estados-membros, após somente os Estados Unidos.

Erdogan sugeriu que os países nórdicos abrigam membros do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), designado grupo terrorista pela Turquia.

Erdogan descreveu ainda a entrada da Grécia, em 1952, como equívoco. Ancara e Atenas são rivais de longa data e se enfrentaram em diversos conflitos, incluindo Chipre e Mediterrâneo Oriental, apesar de sua filiação comum à coalizão internacional.

Categorias
Europa & RússiaFinlândiaNotíciaSuéciaTurquia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments