Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Judeus no Marrocos celebram o Dia da Independência de Israel pela primeira vez em anos

Um membro da comunidade judaica marroquina é fotografado dentro da sinagoga Ibn Dannan, na cidade central de Fez, em 27 de outubro de 2021 [Fadel Senna/AFP via Getty Images]

A comunidade judaica no Marrocos organizou, pela primeira vez em anos, uma celebração pública pelo Dia da Independência de Israel na cidade de Marrakesh, em cooperação com a Organização Sionista Mundial (WZO, na sigla em inglês).

O jornal israelense Jerusalem Post relatou: “A pequena comunidade judaica em Marrakesh decidiu que era hora de parar de esconder suas celebrações para Israel a cada ano e desfrutar dos frutos dos Acordos de Abraão”.

A celebração provocou indignação entre os opositores da normalização, já que organizações marroquinas de direitos humanos alertaram contra “exagero sionista e sionismo do que restava do componente judaico no Marrocos”.

Os participantes também comemoraram o estabelecimento das relações entre Israel e Marrocos, viabilizadas pelos Acordos de Abraham em dezembro de 2000.

Os participantes cantaram canções em hebraico, tocaram o shofar e dançaram. Orações foram realizadas na sinagoga e as bandeiras de Israel foram hasteadas.

Judeus no Marrocos não celebram publicamente o Dia da Independência de Israel há décadas.

Os opositores da normalização, no entanto, alertaram contra a ligação dos judeus no Marrocos ao Estado sionista de Israel, pois não é conhecido como “uma comunidade israelense no Marrocos”.

LEIA: Órgão antinormalização de Marrocos pede anulação de laços com Israel

Categorias
ÁfricaIsraelMarrocosNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments