Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Fabricantes turcos paralisam produção depois que o fornecimento de gás do Irã foi interrompido

Usina do Complexo de Gás no Irã [Hamed Malekpour/Wikipedia]

Algumas empresas manufatureiras turcas interromperam a produção temporariamente depois que o Irã cortou os fluxos de gás na semana passada por até 10 dias devido a um problema técnico, informou a Reuters.

As empresas afetadas incluem a fabricante de peças automotivas Ege Endustri, a fabricante de papelão Kartonsan e a fabricante de peças automotivas e de defesa Katmerciler.

A Turquia é quase totalmente dependente do gás importado da Rússia, Azerbaijão e Irã, que suspenderam os fluxos de gás para o país na quinta-feira passada, dizendo que houve uma falha técnica em uma estação de aumento de pressão na Turquia.

A Ege Endustri disse, na segunda-feira, que interromperá a produção em uma fábrica até o fim de semana devido a cortes de energia, e a fabricante de papelão Kartonsan disse que interromperá a produção até novo aviso, devido ao fornecimento limitado de gás.

Katmerciler disse, no domingo, que interromperá a produção durante o corte de eletricidade, mas que não esperava que o corte planejado impactasse os negócios, sem dar detalhes.

O Irã disse que suas exportações de gás para a Turquia foram retomadas na sexta-feira, mas uma autoridade turca disse que esses fornecimentos estavam abaixo dos volumes necessários. A Turquia negou que o problema tenha sido causado por uma falha em uma estação de pressão ao seu lado.

LEIA: Irã permite a caminhões de combustível irem para o Afeganistão

As autoridades turcas anunciaram cortes planejados de eletricidade e gás natural para grandes consumidores em zonas industriais e usinas geradoras de eletricidade devido ao fornecimento limitado do Irã.

Os produtores de alimentos dizem que um corte de eletricidade planejado de 72 horas nas zonas industriais colocaria em risco a segurança alimentar e representaria uma ameaça aos produtos nas unidades de armazenamento.

“[…] As unidades de armazenamento a frio precisam de eletricidade. As limitações de energia representam um sério risco para a segurança alimentar”, disse o Sindicato dos Produtores e Fabricantes Orgânicos, solicitando uma isenção de cortes de gás e eletricidade.

O Irã forneceu 16 por cento das necessidades de gás natural da Turquia nos primeiros 10 meses de 2021, de acordo com os dados oficiais mais recentes.

Os preços da energia subiram acentuadamente na Turquia, impulsionados por aumentos globais e uma queda de 44 por cento no valor da lira em relação ao dólar no ano passado.

Os preços da eletricidade aumentaram em até 125 por cento para usuários comerciais de alta demanda este mês e em cerca de 50 por cento para residências de baixa demanda.

LEIA: Irã afirma estar pronto para restaurar laços com a Arábia Saudita

Categorias
Europa & RússiaIrãNotíciaOriente MédioTurquia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments