Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

‘Defesa de Marrocos-Israel negocia uma aliança militar suja’, afirma ministro da Argélia

O ministro das Relações Exteriores da Argélia, Ramtane Lamamra, fala durante uma entrevista exclusiva com a Agência Anadolu, em Roma, Itália, em 6 de outubro de 2021 [Barış Seçkin/Agência Anadolu]
O ministro das Relações Exteriores da Argélia, Ramtane Lamamra, fala durante uma entrevista exclusiva com a Agência Anadolu, em Roma, Itália, em 6 de outubro de 2021 [Barış Seçkin/Agência Anadolu]

O ministro das Relações Exteriores da Argélia, Ramtane Lamamra, descreveu o acordo de defesa marroquino-israelense como uma “aliança militar suja”, informou a Quds Press.

Lamamra fez seus comentários durante o 8º Seminário de Alto Nível sobre Paz e Segurança na África na quinta-feira em Oran, Argélia.

“Cada passo dado pelas autoridades marroquinas relacionadas com esta aliança suja a distancia mais da Argélia e do seu povo”, afirmou.

Sobre a aliança Marrocos-Israel, Lamamra disse: “Reflete a semelhança entre duas potências regionais expansionistas empurradas por ignorar suas vítimas que estão sendo privadas de seus direitos inalienáveis”.

LEIA: Grupos palestinos criticam visita de Gantz ao Marrocos

Marrocos e Israel assinaram um memorando de entendimento (MoU) sobre segurança e cooperação de inteligência durante uma visita do ministro da Defesa israelense, Benny Gantz, ao Marrocos.

Após a assinatura dos Acordos de Paz de Oslo em 1993, entre a Organização para a Libertação da Palestina (OLP) e Israel, Marrocos e Israel estabeleceram relações diplomáticas. No entanto, os laços foram cortados em 2000, com o início da segunda Intifada Palestina.

Em setembro de 2020, o Marrocos retomou suas relações com Israel como parte dos acordos de Abraham, patrocinados pelos Estados Unidos, que viram vários estados árabes iniciarem relações com Israel.

Categorias
ÁfricaArgéliaIsraelMarrocosNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Show Comments