Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Os EUA devem pressionar Israel para interromper a expansão dos assentamentos, dizem congressistas

Secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken em 20 de outubro de 2021 [Juancho Torres / Agência Anadolu]

Cerca de 26 democratas da Câmara exortaram ontem o secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, a pressionar o governo israelense a se abster da construção de assentamentos na “Área E1” entre Jerusalém e a Cisjordânia ocupada.

Liderados pelo congressista Mark Pocan, que recentemente visitou Israel e a Cisjordânia, os legisladores expressaram sua “imensa preocupação” sobre os esforços israelenses para avançar na aprovação dos planos de expansão dos assentamentos.

Em sua carta a Blinken, eles destacaram como os assentamentos fortalecem a ocupação, minam as perspectivas de uma solução de dois Estados, diminuem a viabilidade de um Estado palestino e representam uma violação do direito internacional, relatou o Haaretz.

Os legisladores observaram que houve um aumento de 28 por cento na construção de assentamentos durante o governo Trump, o que é um afastamento total dos governos anteriores dos EUA de ambos os partidos (democrata e republicano).

Eles continuaram descrevendo os planos de Israel para avançar a aprovação de 3.400 unidades habitacionais em E1 como “um desafio irreconciliável para uma solução de paz duradoura”.

LEIA: Jordânia fornece luz a assentamentos ilegais israelenses, sob novo acordo

Categorias
Ásia & AméricasEstados UnidosIsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments