Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

“ A maturidade conta muito para empreender”

- Entrevista com Soraya El khatib, empresária no ramo de dermocosméticos eleita Empreendedora do Ano 2021 pela Unicamp
Soraya El khatib, fundadora e CEO da empresa S Cosméticos do Bem é a primeira mulher a ganhar o prêmio que homenageia o talento de empreendedores à frente das empresas-filhas da Universidade [Arquivo pessoal]

Soraya El khatib venceu o Prêmio de Empreendedor(a) do Ano 2021 da Unicamp na cidade de Guarulhos, concedido a empreendedores criativos. Soraya é uma brasileira de origem libanesa cuja família emigrou no início do século passado e se estabeleceu no Brasil.

Sua empresa, a S Cosméticos do bem,desenvolve dermocosméticos inovadores buscando impacto positivo na saúde, meio ambiente e bem estar.

Nesta entrevista ao Monitor do Oriente Médio, Soraya El Khatib fala sobre sua trajetória pessoal e de sua empresa, os planos futuros e também sobre suas origens árabes.

O que representa o Prêmio Empreendedora do Ano da Unicamp e como você se sentiu ao ganhá-lo?

Os sentimentos prevalentes foram de felicidade e gratidão. Foram três prêmios recebidos, um pela 100 open startups 2020, um socioambiental, da Inova/Unicamp e outro empreendedora do ano 2021, da Unicamp Ventures, os quais representaram um reconhecimento importante de tudo que construímos até aqui. Foram as principais validações de que nosso trabalho representa muito para a humanidade.

A S Cosméticos do bem também foi selecionada em vários programas como Capital Empreendedor do SEBRAE, Fundepar, Conecta Starup Brasil, do Ministério Ciência e Tecnologia), conquistou três PIPE FAPESP e um PAPPE/PIPE/FINEP, 100 open startups, um projeto Embrapii (SENAI Inovação) e Eretz.bio.

Como tem sido sua jornada científica?

Na verdade, comecei a fazer ciência desde a mais tenra idade. Aos 5 anos já pesquisava sobre tratamentos e cuidados mais naturais. Durante o curso de Farmácia na graduação, realizei iniciação científica na Unicamp, fiz aperfeiçoamento e ao me graduar engatei o mestrado e doutorado na área de Biologia Molecular e Funcional na Unicamp. A partir daí, vivenciei várias experiências profissionais até decidir empreender. Todas as experiências vividas até aqui e sacrifícios investidos valeram a pena, só prós!

LEIA: Manal Deeb: O ícone da memória palestina na diáspora

O que você conta sobre suas raízes árabes?

Minha descendência é libanesa por parte paterna. Meu avô, Ahmed Abdala El Khatib, imigrou para o Brasil na década de 30 vindo de Kherbet Rouha em busca de uma vida mais digna onde pudesse construir sua família.

Você já enfrentou muitas dificuldades por ser filha de uma família árabe que nasceu no Brasil? Existe uma grande diferença de costumes e tradições entre as duas culturas?!

Ser filha de uma família árabe sempre foi motivo de orgulho e admiração pela história dos árabes e suas contribuições para os avanços na ciência, valorização da família e universo dos negócios, onde os árabes sempre foram referência e inspiração.

Acredito que a miscigenação é algo bastante positivo para humanidade e agrega valores culturais e genéticos. A ausência de preconceitos e respeito ao próximo me trouxe muitos avanços tanto intelectuais quanto culturais, os quais me fizeram chegar até aqui.

Como foi sua vida profissional até fundar sua própria empresa?

Decidi empreender após anos de experiência profissional. Empreender é um ato que exige seguir um propósito e desenvolver muitas habilidades tanto pessoais quanto profissionais. A maturidade conta muito para empreender. Abri minha empresa após quase 20 anos de formada em 2011, as dificuldades foram inúmeras, porém a mais relevante foi relacionada ao apoio financeiro restrito para empresas que inovam no Brasil. Outra dificuldade relevante foi em relação aos recursos humanos, são escassas as pessoas com mentalidade inovadora disponíveis.

O que é e o que faz sua empresa?

A S Cosméticos do bem, fundada em agosto de 2011 é uma startup graduada pela Incamp – Incubadora de Base Tecnológica da Unicamp, após 5 anos de pré-incubação e incubação. Ao longo de nove anos, a S Cosméticos do bem se tornou referência por apresentar maior diversidade de opções de produtos cosméticos naturais e orgânicos no mercado deste segmento. Hoje atua em três divisões de negócios: comercial, analítica e P&D, core da empresa para desenvolvimento de produtos inovadores a partir de novas tecnologias patenteadas.

LEIA: Determinação política, sangue palestino e amor pelo samba na história do presidente da CPI da Pandemia

Como a empresa financia seus projetos de produtos?

Com a nova proposta de inovação e área de P&D instalada, a S Cosméticos do bem captou mais de 5 milhões em recursos não reembolsáveis e próprios para desenvolvimento de uma nova tecnologia e produtos inovadores.

Atualmente contamos com recursos do Senai (EmbrapII), recursos próprios e financiamento privado, além de parcerias com Biotechtown e Eretz.bio para avanços nos negócios.

A empresas é constituída por uma equipe enxuta, altamente capacitada e multidisciplinar envolvendo sete colaboradores diretos e indiretos, mas já envolvemos mais de 14 pesquisadores da Universidade para o desenvolvimento da nossa tecnologia.

Seus produtos são também voltados ao mercado de cosméticos com técnicas sustentáveis

Nossa missão é encantar ao desenvolver dermocosméticos inovadores que tenham impacto positivo na saúde, meio ambiente e bem estar.

A inovação ligada à área de P&D da S Cosméticos do bem se destaca pela necessidade do mercado nacional e internacional de introduzir novos produtos cosméticos com ingredientes mais naturais e certificados e obtidos por técnicas sustentáveis, resultando na criação de uma nova geração de produtos com aproveitamento extratos vegetais residuais padronizados em sua totalidade de alto valor agregado e altamente competitivos. A aplicação de extratos vegetais residuais extraídos de forma sustentável e padronizados por técnicas robustas, compreende na tecnologia inovadora, com duas patentes de processo e produtos.

Quais os próximos passos e os projetos futuros da empresa?

Estamos trabalhando para posicionar o primeiro produto no mercado que é um sérum rejuvenescedor com propriedades multifuncionais jamais vistas, o Sérum Rejuvenecedor Biotech S, buscando novos investimentos e parcerias para escalar a tecnologia e produção dos novos produtos com objetivo de ganhar tanto o mercado nacional quanto internacional de personal care e pharma.

Atualmente buscamos investimentos privados para continuidade do desenvolvimento dos demais produtos a serem posicionados no mercado, aumento de escala dos produtos já desenvolvidos e para o marketing.

Você está pensando em transferir sua experiência e seus produtos para os países do Oriente Médio?

Sem dúvida, é um grande sonho compartilhar o que desenvolvemos com nossas origens. Para tanto, são necessários novos investimentos.

LEIA: “O esporte é um privilégio e as pessoas não se dão conta”

Categorias
Ásia & AméricasBrasilEntrevistasLíbanoOriente Médio
Show Comments
Show Comments