Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Novo embaixador dos EUA em Israel promete opôr-se ao BDS

Thomas Nides, 8 de setembro de 2011 [Embaixada dos EUA/Flickr]

Thomas Nides, novo embaixador dos Estados Unidos em Israel, prometeu combater o movimento de Boicote, Desinvestimento e Sanções (BDS), apoiar os acordos de normalização, fortalecer laços com a ocupação e reabastecer seu sistema de mísseis Domo de Ferro.

Confirmado no cargo nesta quarta-feira (3), Nides serviu como vice-secretário de estado para gestão e recursos, sob a liderança de Hillary Clinton, entre 2011 e 2013.

Gilad Erdan, embaixador israelense na ONU, parabenizou o colega no Twitter: “Tenho certeza que você fortalecerá o vínculo especial entre Estados Unidos e Israel”.

Segundo o novo embaixador, reabastecer e ampliar o Domo de Ferro é considerado como interesse nacional pela Casa Branca. “Trata-se de um mecanismo de defesa, para fazer com que não chova mais nenhum míssil em solo israelense”, reafirmou.

O jornal Times of Israel observou que Nides exerceu um papel fundamental no governo democrata de Barack Obama para aprovar a extensão de garantias equivalentes a bilhões de dólares concedidos, via empréstimo, a Israel.

Nides, em contrapartida, também ajudou Obama a combater esforços do Congresso para limitar o apoio americano à Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados da Palestina (UNRWA) e à Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (UNESCO).

LEIA: Sally Rooney, Susan Sarandon e milhares de outras estão do lado certo da história

Categorias
Ásia & AméricasBDSEstados UnidosIsraelNotíciaOrganizações InternacionaisOriente MédioPalestina
Show Comments
Show Comments