Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Crise síria só pode ser resolvida com diálogo EUA-Rússia, diz chanceler da Jordânia

Ministro de Relações Exteriores da Jordânia, Ayman Al-Safadi, em Moscovo, Rússia, em 3 de Fevereiro de 2021 [Ministério dos Negócios Estrangeiros da Rússia/Agência Anadolu]

O Ministro das Relações Exteriores da Jordânia, Ayman Al-Safadi, disse que a crise síria só pode ser resolvida através de um diálogo entre os Estados Unidos e a Rússia, junto a um papel árabe coletivo.

“A Rússia tem um papel importante em qualquer esforço para resolver a crise síria, e um papel importante na estabilização do sul da Síria”, disse Ayman Safadi ao canal de notícias Asharq. “A crise não pode ser resolvida sem o diálogo EUA-Rússia, mas é um desastre que deve terminar, e uma solução política na Síria preservará sua unidade”.

O ministro enfatizou que a Jordânia está pagando um preço pela crise síria e está coordenando com a Síria em vários setores produtivos, incluindo segurança. “A relação com a Síria baseia-se na cooperação indispensável e necessária”, ressaltou ele.

Dias antes, o Presidente do Estado-Maior Conjunto na Jordânia, Major General Yousef Al-Hunaiti, foi visitado pelo Ministro da Defesa do regime sírio, General Ali Ayoub, em Amã. De acordo com a mídia local, os dois oficiais superiores discutiram questões de interesse comum. “A principal delas é a coordenação de esforços para garantir a segurança da fronteira comum, bem como a situação no sul da Síria, combatendo o terrorismo e os esforços conjuntos contra o contrabando transfronteiriço, especialmente o contrabando de drogas”.

LEIA: Monarcas da Jordânia e da Arábia Saudita apoiam estado palestino com Jerusalém Oriental como capital

Categorias
Ásia & AméricasEstados UnidosJordâniaNotíciaOriente MédioSíria
Show Comments
Show Comments