Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Washington e Bagdá concordam em reduzir tropas dos EUA no Iraque

Soldados dos Estados Unidos em uma base militar iraquiana, em 30 de março de 2020 [ZAID AL-OBEIDI/AFP/Getty Images]

Bagdá e Washington concordaram em reduzir o contingente dos Estados Unidos em duas bases militares do Iraque, até o fim de setembro, segundo informações da agência Anadolu.

De acordo com uma nota do exército iraquiano divulgada ontem (18), a decisão foi tomada durante reunião do comitê conjunto em Bagdá, que também debateu a mudança no status da coalizão estrangeira a uma papel não-combatente até o fim do ano.

As tropas serão reduzidas nas bases americanas instaladas no oeste da província de Anbar e norte de Erbil, no território autônomo curdo.

Em abril, Washington e Bagdá anunciaram que a missão americana mudou seu foco de operações de combate a consultoria e treinamento do exército local.

Os Estados Unidos lideram uma coalizão internacional desde 2014, a fim de combater o grupo terrorista Daesh (Estado Islâmica), que chegou a capturar quase um terço do território iraquiano, naquele mesmo ano.

Há ainda três mil soldados estrangeiros no Iraque — dentre os quais, 2.500 soldados americanos.

LEIA: Ameaça terrorista vem do Iêmen e Iraque, não do Afeganistão, alega CIA

Categorias
Ásia & AméricasEstados UnidosIraqueNotícia
Show Comments
Show Comments