Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Boliviano ergue a bandeira palestina na maior montanha da Cordilheira Real

Mizkicho Miguel Valverde com a bandeira da palestina no alto da montanha Illimani [Reprodução]

Um cinegrafista boliviano ergueu a bandeira palestina após escalar a Illimani, a segunda montanha mais alta da Bolívia e cartão postal e plano de fundo da cidade de La Paz. Mizkicho Miguel Valverde é um ativista da causa palestina e carrega a bandeira com ele há três anos e tirou a foto a erguendo a 6439 metros acima do nível do mar para “fazê-la voar com a ideia de que a luta palestina é invencível e está em todo o mundo consciente”.

“Sou um ativista da causa palestina, apoio firmemente a luta palestina sem cores nem partidos políticos, sou independente disso”, disse Valverde. “Um amigo palestino, Ayman Altaramsi, me deu a bandeira em uma marcha há três anos e desde então a carrego comigo onde quer que vá para representar de alguma forma minha solidariedade com a luta dos palestinos por sua justa soberania e em repúdio à ocupação militar sionista de Israel”.

LEIA: A luz no fim do túnel que vem da Palestina

“Sou operador de câmera e desta vez tive que subir até o topo do Illimani nevado, para tirar algumas fotos para um documentário, pareceu muito apropriado levar a bandeira até aquela altura de 6439 metros acima do nível do mar. E fazê-la voar com a ideia de que a luta palestina é invencível e está em todo o mundo consciente”, completou. A montanha Illimani tem a maior altitude da Cordilheira Real e Valverde chegou ao seu pico mais alto.

Seu amigo, Ayman Altaramsi, médico palestino nascido em Gaza e presidente da Associação Islâmica da Bolívia, publicou sua foto no Facebook agradecendo pelo apoio a causa.

 

Categorias
América LatinaBolíviaNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments