Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Polícia da AP mantêm ‘contato próximo’ com Israel sobre fugitivos palestinos

Presidente da Autoridade Palestina Mahmoud Abbas em Ramallah, Cisjordânia ocupada, 25 de maio de 2021 [ALEX BRANDON/POOL/AFP via Getty Images]

Os serviços de segurança da Autoridade Palestina (AP) mantêm “contato próximo” com a polícia da ocupação sobre os prisioneiros palestinos que escaparam da penitenciária de Gilboa, na madrugada de domingo, revelou o jornalista israelense Yoni ben Manachem.

Oficiais jordanianos também foram incumbidos de monitorar a fronteira com a Palestina ocupada, caso os fugitivos tentem atravessá-la.

Manachem afirmou no Twitter que a coordenação é conduzida em segredo, pois “Mahmoud Abbas [presidente palestino] teme a reação do público”.

A emissora israelense Channel 13 confirmou que tropas israelenses adentraram em áreas sob gestão da Autoridade Palestina, na Cisjordânia ocupada, para procurar os prisioneiros.

Segundo a rede de notícias Wallah, fontes militares do Comando Central de Israel afirmaram que “vigilância e alerta foram aumentados em ambos os lados da fronteira jordaniana, por receios de que os terroristas [sic] a atravessem”.

Manachem reiterou que Israel enfrenta um “dilema” ao insistir na busca dos prisioneiros enquanto tenta impedir uma escalada com os palestinos.

LEIA: Israel monta postos de controle ao redor de Gaza para capturar fugitivos

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Show Comments