Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Jihad Islâmica alerta Israel para não ferir prisioneiros em fuga

Guarda penitenciário em uma torre de vigilância na prisão de Gilboa, norte do território considerado Israel, em 6 de setembro de 2021 [JALAA MAREY/AFP via Getty Images]

O movimento da resistência palestina Jihad Islâmica alertou Israel nesta terça-feira (7) para não ferir os seis prisioneiros que escaparam da penitenciária de Gilboa ou outros detentos ainda em custódia, reportou a imprensa local.

“Ferir os prisioneiros é uma linha vermelha”, destacou um porta-voz das Brigadas al-Quds, braço militar do grupo. “A ocupação deve considerar com cautela o que dizemos e compreender que estamos prontos e somos capazes de protegê-los por todos os meios”.

Os fugitivos — cinco dos quais membros da Jihad Islâmica — foram descritos como “herois”.

“Tomaram sua liberdade apesar da vontade de seus carcereiros”, declarou o porta-voz na cidade de Jenin, Cisjordânia ocupada.

Segundo seu alerta, combatentes das facções palestinas em Jenin estão prontos para defender a cidade, caso ocorra qualquer incursão de Israel em busca dos prisioneiros.

As Brigadas al-Quds insistiram que sua resposta a qualquer agressão da ocupação aos palestinos em fuga “será mais rápida do que espera Israel”.

LEIA: A luz no fim do túnel que vem da Palestina

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Show Comments