Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Israel aprova 5.000 pedidos de unificação familiar para palestinos

Chefe da Autoridade Geral Palestina para Assuntos Civis, Hussein Al-Sheikh [Twitter]

As autoridades de ocupação israelenses concordaram em aprovar 5.000 pedidos de unificação de famílias feitos por palestinos, anunciou ontem o chefe da Autoridade Geral Palestina para Assuntos Civis, Hussein Al-Sheikh.

“Chegamos a um acordo com o governo israelense sobre o assunto de reunificação das famílias palestinas, para ter 5.000 como um primeiro lote no caminho para finalizar este arquivo inteiramente em um prazo pré-estabelecido”, disse Al-Sheikh em um tweet.

O ministro da Defesa israelense, Benny Gantz, também disse na segunda-feira que Israel planeja legalizar milhares de estrangeiros sem documentos, casados ​​com palestinos, como parte de uma estratégia israelense geral para fortalecer a Autoridade Palestina.

De acordo com Gantz, alguns habitantes de Gaza que se mudaram para a Cisjordânia, mas mantêm passes desatualizados que os identificam como residentes do enclave, também terão seu status atualizado.

O anúncio foi feito um dia depois de uma reunião entre o presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, e Gantz, realizada na cidade de Ramallah, na Cisjordânia ocupada.

LEIA: Status da AP continua a enfraquecer, aponta pesquisa israelense

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Show Comments