Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Egito prende traficante de pessoas pela morte de 11 imigrantes

Policiais egípcios viajam a el-Arish, capital da província do Sinai do Norte, em 26 de julho de 2018 [KHALED DESOUKI/AFP via Getty Images]

Autoridades de segurança do Egito prenderam neste domingo um traficante de pessoas suspeito de facilitar a imigração irregular por mar, que – de acordo com relatórios preliminares – resultou na morte de 11 pessoas por afogamento, reportou a agência Anadolu.

Segundo o jornal egípcio al-Gomhuria, os serviços de segurança da província de Dakahlia prenderam um corretor de viagens ilegais supostamente envolvido nas mortes.

A reportagem indicou que o réu ajudou “onze residentes da aldeia local de Talbana a viajar por mar até a Líbia e dali em direção à Itália, em troca de dinheiro”.

Segundo as informações, um estado de luto toma conta dos residentes da aldeia desde sexta-feira (27), após receberem relatos não-oficiais de que um naufrágio no Mar Mediterrâneo resultou na morte de seus onze conterrâneos.

O jornal al-Masry al-Youm relatou que dezenas de pessoas reuniram-se no sábado (28) em frente à delegacia de Talbana para registrar ocorrências de desaparecimentos, após perderem contato com seus parentes por mais de uma semana.

Fontes de segurança, em condição de anonimato, observaram que mais de 50 queixas de pessoas desaparecidas foram registradas e espera-se que o número aumente.

LEIA: Egito assina protocolo de cooperação de segurança com a Rússia

Categorias
ÁfricaEgitoNotícia
Show Comments
Show Comments