Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Manifestantes protestam na fronteira do Líbano com a Palestina contra os massacres israelenses

Uma foto no Fatima Gate, na fronteira do Líbano com a Palestina ocupada (HoseinMortada / Twitter)

O exército israelense anunciou, na sexta-feira, que seus tanques dispararam tiros de alerta a um grupo de pessoas que cruzaram o Líbano para as fronteiras do norte do pais com os territórios palestinos ocupados.

O exército israelense disse, por meio de sua conta no Twitter: “Há poucoo, tanques das FDI

dispararam tiros de advertência contravários manifestantes que passaram do Líbano para

território israelense. Os suspeitos sabotaram a cerca e atearam fogo na área antes de

retornar ao território libanês. ”

A agência oficial de notícias libanesa também informou que “dois cidadãos libaneses foram feridos por dois projéteis israelenses que caíram perto deles após um grupo de jovens tentar entrar no assentamento, o que levou à mobilização dos soldados israelenses, tentando impedi-los de avançar em direção à cerca entre Líbano e territórios palestinos ocupados. O inimigo disparou dois projéteis contra os jovens”.

A agência acrescentou que, mediatamente, forças do exército libanês e de segurança se mobilizaram e trabalharam para evitar que os jovens avançassem e estabeleceram postos de controle para evitar que qualquer cidadão avance em direção ao arame farpado.

Além disso, 3 foguetes foram lançados ontem do sul do Líbano em direção

os territórios palestinos ocupados, que caíram no mar. A organização libanesa Hizbullah negou responsabilidade por lançá-los.

LEIA: Em novo massacre, Israel extermina uma família

Categorias
IsraelLíbanoNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments