Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Investigação dos serviços de segurança sobre o ‘golpe’ do príncipe Hamzah tem início na Jordânia

O rei Abdullah II da Jordânia (dir.) e seus irmãos, o príncipe herdeiro Hamzah (esq.) e o príncipe Faisal participam de um almoço realizado por representantes de tribos beduínas da Jordânia, no Palácio Real de Amã, em 26 de maio de 2004 [Mohammed Keswany/AFP via Getty Images]

Os serviços de segurança do Estado da Jordânia iniciaram uma investigação sobre o suposto “golpe”, que teria envolvido o príncipe Hamzah Bin Hussein. O incidente foi encaminhado ao Ministério Público do Tribunal de Segurança do Estado, informou a Agência Anadolu.

Em menção às reportagens dos jornais locais Al Dostour e Al Ghad, a Anadolu descreveu o “golpe” como uma “tentativa fracassada de desestabilizar a segurança no país”. Diz-se que há até dezesseis suspeitos.

Os jornais jordanianos não deram mais detalhes sobre o caso ou sobre as pessoas detidas enquanto se aguarda a conclusão das investigações. Relatórios anteriores sugeriam que eles incluíam ex-oficiais muito importantes do Reino Hachemita.

De acordo com a TV estatal, o próprio príncipe Hamzah deve ser tratado dentro da família real, então ele será poupado dos procedimentos normais de julgamento.

Em 4 de abril, as autoridades na Jordânia anunciaram que as investigações iniciais concluíram que o príncipe Hamzah, 41, havia se coordenado com entidades estrangeiras para “desestabilizar a segurança no país e incitar os cidadãos contra o Estado”. O ex-príncipe herdeiro negou as acusações.

Uma reportagem do Times de Londres disse que “ações foram tomadas para evitar um complô não especificado contra o estado”, mas que “poucas evidências foram apresentadas”. Na verdade, “[as] famílias e [os] advogados daqueles [sob investigação] estão dizendo que foram eles que foram as vítimas do ‘golpe’”.

LEIA: Príncipe jordaniano coordenou tentativa fracassada de golpe com ex-oficial

Categorias
JordâniaNotíciaOriente Médio
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments