Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

EUA e ONU dizem esperar que Israel e Líbano resolvam crise das fronteiras marítimas

Veículo da força de paz da ONU UNIFIL faz guarda na chegada do comitê libanês e israelense, na região mais ao sul de Naqoura, na fronteira com Israel, Naqoura, Líbano em 14 de outubro de 2020 [Agência Ali Abdo / Anadolu]
Veículo da força de paz da ONU UNIFIL faz guarda na chegada do comitê libanês e israelense, na região mais ao sul de Naqoura, na fronteira com Israel, Naqoura, Líbano em 14 de outubro de 2020 [Agência Ali Abdo / Anadolu]

Os EUA e a Organização das Nações Unidas (ONU) afirmaram esperar que as conversas em curso entre Israel e Líbano sobre a resolução da crise das fronteiras marítimas cheguem a uma “solução tão esperada”.

A embaixada dos Estados Unidos em Israel publicou um comunicado sobre o assunto, divulgado pelo governo dos Estados Unidos e pelo gabinete do coordenador especial da ONU para o Líbano (UNSCOL).

“Com base no progresso da reunião de 14 de outubro, nos dias 28 e 29 de outubro, representantes dos governos de Israel e do Líbano mantiveram conversas produtivas mediadas pelos Estados Unidos e patrocinadas pelo gabinete,” diz a declaração.

“Os Estados Unidos e a UNSCOL se disseram “esperançosos de que essas negociações levem a uma resolução há muito esperada” e se comprometeram a “continuar as negociações no próximo mês”.

O presidente libanês Michel Aoun anunciou no início deste mês que um escopo do acordo foi alcançado entre o Líbano e Israel, mediado pelos EUA e hospedado pela ONU, para iniciar conversas sobre a crise das fronteiras marítimas.

LEIA: Qual será o destino da revolução libanesa?

Categorias
Ásia & AméricasEUAIsraelLíbanoNotíciaONUOrganizações InternacionaisOriente Médio
Show Comments
Show Comments