Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Israel: 30 acusados de estupro coletivo de uma menor em hotel de Eilat

Uma foto mostra a cidade turística de Eilat, sul de Israel, no Mar Vermelho, e a cidade turística de Aqaba, no Mar Vermelho da Jordânia ao fundo, em 17 de abril de 2020 em meio à pandemia de coronavírus COVID-19. [MENAHEM KAHANA / AFP via Getty Images]
Uma foto mostra a cidade turística de Eilat, sul de Israel, no Mar Vermelho, e a cidade turística de Aqaba, no Mar Vermelho da Jordânia ao fundo, em 17 de abril de 2020 em meio à pandemia de coronavírus COVID-19. [MENAHEM KAHANA / AFP via Getty Images]

Trinta israelenses estupraram uma menor em um hotel na cidade de Eilat, ao sul de Israel, de acordo com detalhes publicados pela primeira vez ontem.

Yedioth Ahronoth relatou que cerca de 30 jovens se revezaram estuprando a garota de 16 anos em um quarto de hotel em Eilat, na semana passada.

O jornal disse que a polícia israelense prendeu dois suspeitos, indicando que a vítima apresentou uma queixa à polícia na sexta-feira, dizendo que foi estuprada por uma gangue na quarta-feira da semana passada.

A publicação dos detalhes do estupro coletivo geraram uma onda de raiva nos círculos políticos e de direitos humanos israelenses.

Segungo o jornal, a investigação preliminar revelou que a menina viajou com um amigo para Eilat, onde conheceram outros amigos.

“Eles começaram a beber álcool e, a certa altura, a menina foi a um dos quartos para usar o banheiro, e nesse mesmo quarto foi estuprada por dezenas de homens que se revezaram para agredi-la”, reportou.

LEIA: A Apple compra secretamente a startup de tecnologia de câmeras Israel AI

Yedioth Ahronoth afirmou que um dos réus, um jovem de 27 anos do norte de Israel, estava trocando mensagens com a garota.

“Em uma das mensagens, essa pessoa disse que tinha uma fita de vídeo do estupro”, acrescentou o jornal.

O jornal destacou que o grande número de suspeitos levou a polícia a formar uma “equipe de investigação para este caso”.

 

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Show Comments