Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Um milhão de palestinos enfrentam falta de alimentos em Gaza

Centro de distribuição de alimentos da Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados da Palestina (UNRWA) no campo de refugiados de Al-Shanti, após ser fechado, na Cidade de Gaza, 23 de março de 2020 [Ali jadallah/Agência Anadolu]
Centro de distribuição de alimentos da Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados da Palestina (UNRWA) no campo de refugiados de Al-Shanti, após ser fechado, na Cidade de Gaza, 23 de março de 2020 [Ali jadallah/Agência Anadolu]

Cerca de um milhão de refugiados palestinos enfrentam falta de alimentos na Faixa de Gaza, devido ao incessante bloqueio israelense e aos cortes de recursos à Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados Palestinos (UNRWA), declarou a entidade neste sábado (20). As informações são da agência Anadolu.

Em declaração emitida no Dia Mundial dos Refugiados, Jamal al-Khoudary, presidente do Comitê Popular pelo Fim do Cerco a Gaza, relatou que o “declínio genuíno” no apoio de doadores possui “repercussões graves sobre os refugiados palestinos em Gaza, Cisjordânia, Jerusalém e outros estados árabes”.

Khoudary afirmou que a decisão dos Estados Unidos de suspender fundos à UNRWA, estimados em aproximadamente US$360 milhões anualmente, assumida em 2018, teve impacto severo nas operações da agência.

Sobretudo, afirmou, o bloqueio de Israel em Gaza, em vigor desde 2006, resultou em níveis exponenciais de pobreza e desemprego no território sitiado palestino.

O Dia Mundial dos Refugiados é comemorado no dia 20 de junho e concentra-se na conscientização sobre o sofrimento de milhões de refugiados espalhados em todo o mundo.

LEIA: Boicote a produtos israelenses tem unidade palestina em Gaza

Categorias
IsraelNotíciaONUOrganizações InternacionaisOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments