Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Netanyahu prometeu nunca reconhecer o estado da Palestina, diz aliado

O primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu disse que nunca reconheceria um estado palestino

O jornal Times de Israel,  divulgou o post desta terça-feira de um dirigente do Likud, deputado Miki Zohar, no twitter, no qual afirma: “O primeiro ministro anunciou ontem na reunião do partido, que em nenhuma constelação o governo ou o Knesset reconhecerão o princípio de estabelecer um estado palestino”.

De acordo com Zohar, Benjamin Netanyahu, enfatizou no encontro: “Nunca reconheceremos um estado palestino!”

O jornal disse que os comentários de Netanyahu foram criticados por líderes de colonos que afirmam que seu plano de anexação abriria o caminho para um estado palestino, conforme previsto pelo “acordo de paz” do presidente dos EUA, Donald Trump, apelidado de “acordo do século“.

O governo de Trump indicou que aceitaria a anexação de Netanyahu se ele concordasse com a criação de um estado palestino nas demais partes da Cisjordânia ocupada.

Ao mesmo tempo, Zohar disse que se os EUA insistissem no reconhecimento de um estado palestino, Israel desistiria da anexação.

LEIA: Terra palestina sob o direito internacional humanitário

O governo de Israel planeja anexar o vale do Jordão e os assentamentos na Cisjordânia em 1º de julho.

As estimativas palestinas indicam que o plano de anexação israelense cobrirá mais de 30% da Cisjordânia.

Em resposta ao seu anúncio, a Autoridade Palestina disse que não está mais vinculada a quaisquer acordos com Israel, incluindo os relacionados à segurança.

Categorias
Ásia & AméricasEUAIsraelNotíciaOriente MédioPalestinaVídeos & Fotojornalismo
Show Comments
Show Comments