Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Arábia Saudita negocia compra da equipe de futebol Newcastle por £ 340 milhões

Clube de futebol Newcastle United [Youtube]

O fundo soberano da Arábia Saudita está em negociações para comprar a equipe de futebol britânica Newcastle United por aproximadamente 340 milhões de libras (US$ 447 milhões), relatou à Reuters uma fonte familiar próxima à situação, o que corrobora informações divulgadas neste sábado (25) pelo jornal americano The Wall Street Journal.

O bilionário britânico Mike Ashley, cuja fortuna advém da empresa varejista esportiva Sports Direct (renomeado Frasers Group em dezembro), possui a marca Newcastle desde 2007.

O Fundo de Investimento Público da Arábia Saudita, junto ao um grupo de investidores liderado pela empresária Amanda Staveley, está em negociações para comprar o clube da Premier League, campeonato nacional de futebol inglês, mas as conversas estão em estágio delicado e podem não avançar, relatou a fonte.

Um porta-voz da equipe de futebol Newcastle recusou-se a comentar sobre o assunto ainda neste sábado. O Fundo de Investimento Público da Arábia Saudita tampouco se dispôs a comentar imediatamente, assim como representantes de Ashley ou Staveley.

O Newcastle United está marcado para venda há anos. Três anos atrás, a empresa PCP Capital Partners, de Staveley, fez uma oferta de valores estimados em 250 milhões de libras, mas as conversas não avançaram.

Em 2019, rumores surgiram de que a equipe estava quase vendida para o Sheikh Khaled Zayed Al Nehayan, bilionário de Abu Dhabi, Emirados Árabes Unidos, mas o acordo também não foi adiante.

Ashley, que possui ações majoritárias no clube, nem sempre foi popular entre os fãs; milhares de torcedores se ausentaram das partidas desta temporada em protesto à direção do clube.

Cerca de um terço das equipes inglesas de futebol são de propriedade estrangeira. Clubes da Premier League como Arsenal, Liverpool e Manchester United são propriedade de investidores americanos. O Manchester City pertence à empresa emiradense Abu Dhabi United Group.

Categorias
Arábia SauditaEuropa & RússiaNotíciaOriente MédioReino Unidos
Show Comments
Show Comments