Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Chanceler turco considera possível o diálogo entre Moscou e Kiev

1
Ministro de Relações Exteriores da Turquia Mevlut Cavusoglu em Antália, 10 de março de 2022 [Orhan Çiçek/Agência Anadolu]

O Ministro turco das Relações Exteriores Mevlut Cavusoglu disse ontem (26) que o Presidente russo Vladimir Putin, em reunião com seu homólogo turco Recep Tayyip Erdogan, admitiu a possibilidade de voltar à mesa de diálogo com a Ucrânia.

“Durante uma reunião com nosso presidente em Samarkand, Uzbequistão, o presidente russo indicou que seu país admite a possibilidade de retomar as negociações com a Ucrânia”, disse Cavusoglu em sua conta no Twitter.

O chefe do Ministério das Relações Exteriores da Türkiye também indicou que Erdogan pretende continuar os contatos com os presidentes russo e ucraniano, Vladimir Putin e Vladimir Zelensky.

“Continuamos a seguir uma política equilibrada”, enfatizou ele.

LEIA: Rússia e Ucrânia concordam em trocar 200 prisioneiros, afirma Erdogan

De acordo com Cavusoglu, sua nação manterá o diálogo tanto com a Rússia quanto com a Ucrânia, embora ele tenha observado que há países no Ocidente ansiosos para continuar as hostilidades para enfraquecer os primeiros.

Além disso, ele declarou que o conflito na Ucrânia deve ser completado com o estabelecimento de uma paz justa.

Em 24 de fevereiro, a Rússia anunciou uma operação militar especial na Ucrânia, em resposta a um pedido de ajuda dos líderes das repúblicas de Donbass.

Vários países ocidentais e seus aliados responderam impondo sanções maciças à Rússia e começaram a fornecer armas a Kiev.

Publicado originalmente em Prensa Latina

Categorias
Europa & RússiaNotíciaRússiaTurquiaUcrânia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments