Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Rússia e Ucrânia concordam em trocar 200 prisioneiros, afirma Erdogan

1
Presidente da Turquia Recep Tayyip Erdogan em Nova York, Estados Unidos, 19 de setembro de 2022 [Aytaç Ünal/Agência Anadolu]]

O Presidente da Turquia Recep Tayyip Erdogan afirmou, durante entrevista concedida à emissora de televisão PBS, que Rússia e Ucrânia chegaram a um acordo para trocar 200 prisioneiros de guerra de ambos os lados.

Segundo Erdogan, trata-se de um desenvolvimento positivo e importante.

O presidente reiterou anseios de encerrar a guerra de forma pacífica e afirmou aconselhar seus homólogos russo e ucraniano – Vladimir Putin e Volodymyr Zelenskyy, respectivamente – neste sentido, ao advertir: “Não há vencedores em uma guerra que culmine na morte do povo”.

Moscou e Kyiv trocaram prisioneiros em diversas ocasiões desde a invasão militar russa ao país vizinho, em 24 de fevereiro; centenas foram libertados de ambos os lados.

Sobre exportações de alimentos, comentou Erdogan: “A Turquia conduziu enormes esforços para abrir o corredor de grãos, conquista consagrada por meio do Acordo de Istambul”.

“Mais de dois milhões de toneladas de produtos agrários foram exportadas, perto do índice de três milhões”, reforçou Erdogan. “Hoje, há uma nova fase de reabertura de produtos russos ao mundo. Meu único desejo é levar tais produtos a países pobres ou em desenvolvimento”.

Em 22 de julho, um acordo foi assinado na cidade de Istambul, entre emissários dos três países e da Organização das Nações Unidas (ONU), para possibilitar a exportação de grãos ucranianos sob monitoramento internacional.

Um acordo semelhante, que assegura remessas de bens agrários e fertilizantes russos, apesar das sanções internacionais, também foi firmado posteriormente, com o objetivo de atenuar o impacto da crise alimentar global e da subsequente carestia.

LEIA: Quais são as intenções de Erdogan para a Síria?

Categorias
Europa & RússiaNotíciaRússiaTurquiaUcrânia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments