Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Aboutrika critica presença de atleta israelense na Premier League

Mohamed Aboutrika- Arquivo
Mohamed Aboutrika- Arquivo

Mohamed Aboutrika – ex-atacante da seleção egípcia de futebol – criticou a Associação de Futebol da Inglaterra devido à presença do atleta israelense Manor Solomon nas fileiras do Fulham, tradicional clube de Londres.

Em 25 de julho, o Fulham anunciou a contratação de Solomon, sob empréstimo de um ano da equipe ucraniana Shakhtar Donetsk. A transferência sucedeu uma decisão da FIFA referente à invasão russa do país vizinho, que permite a suspensão de contratos de equipes radicadas nos territórios em guerra até 30 de junho de 2023.

Durante mesa-redonda transmitida pela rede beIN Sports, antes do jogo entre Fulham e Liverpool, o ex-jogador questionou os dirigentes da Premier League sobre a presença de esportistas russos e israelenses.

“No banco do Fulham, há um jogador da entidade sionista [Manor Solomon, de Israel]. Se fosse um atleta russo, a Premier League permitiria sua escalação?”, afirmou Aboutrika em referência às sanções desportivas impostas contra a Rússia devido à guerra.

“O que pensam que está acontecendo em Gaza? O que pensam que está acontecendo na Palestina? Isso é ocupação e guerra”, acrescentou Aboutrika.

O ex-atleta criticou previamente o bombardeio israelense contra a Faixa de Gaza e os acordos de normalização entre países árabes e Israel.

No Twitter, indagou Aboutrika: “O que os acordos e sua onda deplorável de normalização com uma entidade assassina e ocupante nos cederam, salvo mais mártires, mais humilhação e mais submissão injustificada?”

“A ocupação somente será dissuadida pela resistência, até deixar cada centímetro da Palestina”, reafirmou.

LEIA: Egípcios expressam solidariedade aos palestinos, pedem posição de Mo Salah

Em fevereiro, Aboutrika pressionou a Federação Internacional de Futebol (FIFA) a estabelecer sanções a Israel, semelhantes às medidas punitivas tomadas contra Moscou e suas equipes de futebol. Aboutrika criticou a “tolerância” da FIFA com Israel, ao acusá-la de “dois pesos e duas medidas”.

 

Categorias
ÁfricaEgitoEuropa & RússiaIsraelNotíciaOriente MédioPalestinaReino UnidoRússiaUcrânia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments