Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Jordânia adverte Israel contra despejo de palestinos em Hebron

Um palestino observa as forças de segurança israelenses perto do posto de controle de Mitar e da vila de al-Dahriya, ao sul de Hebron, na Cisjordânia ocupada, no início de 3 de abril de 2022 [Hazem Bader/AFP via Getty Images]
Um palestino observa as forças de segurança israelenses perto do posto de controle de Mitar e da vila de al-Dahriya, ao sul de Hebron, na Cisjordânia ocupada, no início de 3 de abril de 2022 [Hazem Bader/AFP via Getty Images]

As autoridades da Jordânia emitiram, na sexta-feira (06), um alerta contra o plano israelense de despejar 1.300 palestinos que vivem em oito vilarejos nas colinas de South Hebron, segundo um comunicado divulgado pela agência oficial de notícias Petra.

O comunicado, divulgado pelo porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Jordânia, Haitham Abu al Foul, também alertou contra os planos israelenses de aprovar a construção de 4.988 unidades de assentamentos ilegais em outras áreas da Cisjordânia ocupada.

“A expansão dos assentamentos é uma violação flagrante da lei e das resoluções internacionais”, disse o comunicado.

“Abu al Foul enfatizou que a política de assentamentos israelenses, seja no estabelecimento seja expansão de assentamentos, na tomada de terras ou no deslocamento forçado de palestinos, é uma política ilegal que é rejeitada e condenada”, acrescentou o comunicado.

Essa declaração veio quando os moradores palestinos de Masafer Yatta, em South Hebron Hills, prometeram ficar, apesar da decisão da Suprema Corte de Israel na noite de quarta-feira de que o exército israelense poderia expulsá-los de suas oito aldeias.

As vidas de milhares de palestinos no sul da Cisjordânia estão estagnadas há mais de quatro décadas, desde que a terra que eles cultivavam e onde viviam foi declarada zona de tiro e treinamento militar por Israel.

Declarar uma determinada terra como zona de tiro e treinamento militar por Israel é uma introdução ao deslocamento de seus moradores palestinos para serem substituídos por colonos israelenses ilegais.

LEIA: Israel procura palestinos suspeitos de matar três em ataque

Categorias
IsraelJordâniaNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments