Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Netflix oferece bolsas para cinco cineastas árabes

Em parceria com o Fundo Árabe para Artes e Cultura, a plataforma de vídeos vai oferecer bolsa para cinco mulheres do Líbano, Tunísia e Marrocos. . [ Reprodução/Youtube]

A plataforma de streaming Netflix vai apoiar o trabalho de cinco cineastas e produtoras árabes. O anúncio foi feito pelo Fundo Árabe para Artes e Cultura (AFAC), parceiro da marca. A doação única será feita por meio do Fundo para Equidade Criativa da Netflix e visa tornar realidade os projetos de ficção e não-ficção das profissionais. Na foto acima, Diala Kachmar, uma das selecionadas pela bolsa.

Cinco mulheres foram selecionadas para receber uma bolsa para seus projetos individuais. As cineastas vêm do Líbano, Tunísia e Marrocos. A AFAC já possui duas bolsas destinadas a apoiar cineastas na realização de cinema e documentário.

As profissionais contempladas pelas novas bolsas são Asmae El Moudir, diretora e produtora do Marrocos cujo filme, ‘The Mother of All Lies’ foi selecionado para a categoria de não-ficção. Já as libanesas Diala Kachmar, com a obra ‘From the Other Shore’, Jana Wehbe, com ‘The Day Vladimir Died’, e Tania Khoury, com o título ‘Manity’, estão à frente de três projetos de ficção. Por fim, Sarra Abidi, da Tunísia, é diretora e produtora do projeto de ficção ‘My Name is Clara’.

“Estamos comprometidos em contar histórias sobre e por mulheres em todo o mundo árabe. O mundo árabe tem uma longa história de mulheres no entretenimento, e tivemos sucessos e estreias incríveis na região, das quais estamos muito orgulhosos. Mas para dar a mais pessoas a chance de ver suas vidas refletidas na tela, precisamos de mais mulheres atrás e na frente das câmeras”, disse, em texto divulgado pela Netflix, Nuha El Tayeb, diretora de aquisições de conteúdo da Netflix para o Oriente Médio e Turquia.

LEIA: Netflix ajuda profissionais árabes de cinema e TV

O Fundo para Equidade Criativa da Netflix foi lançado no início de 2021 para abrir mais oportunidades para que pessoas de grupos sub-representados, e, ao mesmo tempo, suprir suas possíveis lacunas de habilidades com programas de treinamento para elas. No mundo árabe, os investimentos do fundo da Netflix são avaliados em US$ 250 mil.

“Esta segunda colaboração com a Neftlix, desta vez para apoiar as mulheres no campo do cinema, complementa perfeitamente a missão da AFAC de promover a diversidade de vozes e narrativas”, afirmou Rima Mismar, diretora executiva da instituição árabe.

Publicado originalmente em Anba

Categorias
ÁfricaEuropa & RússiaLíbanoMarrocosNotíciaOriente MédioTunísiaTurquia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments