Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Colonos de Israel arrancam e roubam mudas de oliveiras

Agricultores palestinos inspecionam os danos causados às suas oliveiras que foram supostamente cortadas por colonos israelenses [Issam Rimawi/Agência Anadolu]

Colonos israelenses invadiram e roubaram, ontem, mais de uma dúzia de oliveiras em Masafer Yatta, ao sul da cidade de Hebron, na Cisjordânia, informou a Agência de Notícias Wafa.

De acordo com Fouad Al-Imour, um ativista local, um grupo de colonos cortou a cerca em torno de um terreno de 2 dunum e roubou cerca de 30 mudas de oliveiras.

As colinas de South Hebron estão localizadas na Área C da Cisjordânia ocupada.

A área está sujeita ao controle israelense e os moradores palestinos são frequentemente alvos de colonos ilegais.

O coordenador especial da ONU para o Processo de Paz no Oriente Médio, Tor Wennesland, observou em sua coletiva de imprensa no mês passado: “A violência relacionada aos colonos permanece em níveis alarmantemente altos, em meio a tensões contínuas sobre a expansão dos assentamentos e a temporada anual de colheita de azeitonas”.

Ele acrescentou que “desde que a colheita começou em 4 de outubro, cerca de 3.000 oliveiras foram danificadas ou tiveram sua colheita roubada.

LEIA: Colonos cortaram dezenas de oliveiras na Cisjordânia para expandir os assentamentos ilegais

“Ataques físicos a fazendeiros palestinos, voluntários e funcionários humanitários também foram registrados, alguns supostamente ocorrendo na presença das Forças de Segurança israelenses”.

De acordo com o movimento israelense de direitos humanos Paz Agora existem cerca de 666.000 colonos, 145 grandes assentamentos e 140 postos avançados na Cisjordânia, incluindo Jerusalém Oriental. Todos são ilegais sob o direito internacional.

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments