Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Os EUA continuam treinando forças de lista restrita na Síria

Membros da milícia das Unidades de Proteção do Povo Curdo (YPG), 28 de fevereiro de 2015 [Kurdishstruggle/Flickr]
Membros da milícia das Unidades de Proteção do Povo Curdo (YPG), 28 de fevereiro de 2015 [Kurdishstruggle/Flickr]

Os EUA continuam a treinar as forças rebeldes sírias rotuladas por Washington como “terroristas”, revelou a Agência Anadolu na sexta-feira.

De acordo com a Anadolu, fontes afirmaram que 70 Forças Especiais dos EUA foram enviadas para Hassakeh através do Iraque em 28 de novembro, para fornecer armas e treinamento aos membros do YPG/PKK a leste do Eufrates.

A reportagem da Agência Anadolu afirma que soldados dos EUA chegaram à cidade de Rmelan, onde está localizada a base aérea dos EUA, e começaram a treinar centenas de terroristas YPG/PKK em 1º de dezembro.

Terroristas YPG/PKK, segundo a Anadolu, seriam treinados para usar armas leves, médias e pesadas, além de ataques e métodos de infiltração em aldeias.

Fontes da Agência Anadolu, que pediram para permanecer anônimas, confirmaram que alguns dos “terroristas” seriam enviados ao distrito de Ash Shaddadi em Hassakeh e ao campo de petróleo Omar em Deir El-Zour, enquanto os “terroristas” restantes permaneceriam em Rmelan.

O YPG é o braço sírio do PKK, grupo designado como terrorista pelos EUA, pela União Europeia e pela Turquia. No entanto, os EUA e a França já apoiaram terroristas YPG/PKK com treinamento militar nas áreas de Hassakeh e Deir El-Zour.

LEIA: Mais de 1 milhão de sírios ‘retornaram voluntariamente’ da Turquia ao seu país

Categorias
Ásia & AméricasEstados UnidosNotíciaOriente MédioSíria
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments