Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Colonos israelenses atacam palestinos na Cisjordânia ocupada

Palestinos protestam contra agressões de colonos ilegais israelenses, sob escolta da polícia da ocupação, na aldeia de Susiya, nos arredores de Hebron, Cisjordânia ocupada, em 24 de setembro de 2021 [Mamoun Wazwaz/Agência Anadolu]

Nesta quarta-feira (24), colonos ilegais israelenses utilizaram pedras e mesmo munição real para conduzir ataques contra nativos palestinos e suas residências na aldeia de Burqa, perto de Nablus, Cisjordânia ocupada, segundo informações da agência Wafa.

De acordo com Ghassan Daghlas, que monitora as atividades dos assentamentos na área, dezenas de colonos invadiram o local e abriram fogo contra casas palestinas.

Na mesma ocasião, colonos atacaram veículos na rodovia entre Nablus e Jenin.

Mais cedo, três palestinos ficaram feridos após um carro ser apedrejado por extremistas judeus, perto da cidade de Ramallah. Uma das vítimas está internada em estado grave. Seu filho, também passageiro, sofreu ferimentos moderados.

Outro palestino foi ferido em incidente distinto no qual colonos atacaram seu veículo perto de Duma, ao sul de Nablus, destruindo suas janelas.

Na terça-feira (23), uma menina de 15 anos foi ferida por outro ataque semelhante.

Recentemente, colonos intensificaram agressões contra os palestinos, sob escolta de soldados israelenses que permanecem estacionados na Cisjordânia ocupada.

Em resposta, a Autoridade Palestina (AP) acusou o governo sionista de promover a violência colonial contra a população nativa e solicitou proteção da comunidade internacional.

LEIA: AP pede à comunidade internacional para sancionar assentamentos de Israel

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Show Comments