Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

UNIFIL espera que Israel e Líbano retomem as negociações de demarcação de fronteiras

Os libaneses se reúnem para realizar uma manifestação de apoio aos palestinos e protestar contra os ataques israelenses à Faixa de Gaza, em 15 de maio de 2021 na aldeia Kafr Kila no sul do Líbano, na fronteira israelense [Houssam Shbaro - Agência Anadolu]

O chefe da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (UNIFIL), Stefano Del Col, exortou ontem o Líbano e Israel a retomarem as conversações sobre a demarcação de suas fronteiras marítimas em breve, informaram as agências de notícias.

“Temos que redobrar nossos esforços para criar espaço para uma solução política e diplomática, e um cessar-fogo permanente entre o Líbano e Israel”, disse Del Col, de acordo com Anadolu.

Os comentários de Del Col vieram durante uma celebração realizada na sede da UNIFIL em Naqoura, sul do Líbano, por ocasião do Dia das Nações Unidas.

O oficial continuou pedindo que as Forças Armadas libanesas e as forças de ocupação israelenses respeitem a santidade da Linha Azul para mais paz e estabilidade.

LEIA: Parlamentar libanês é acusado de manter itens roubados de Palmira em seu gabinete

“Há mais de uma década, os icônicos Barris Azuis têm ajudado a evitar incidentes que poderiam se tornar pontos de conflito e mal-entendidos”, disse ele em uma declaração divulgada após a celebração.

“Pondo de lado as diferenças para nos engajarmos construtivamente na resolução de conflitos, marcando as partes restantes da Linha Azul e evitando ações unilaterais, podemos evitar este risco”, acrescentou ele.

A Linha Azul é uma demarcação de fronteira entre o Líbano e Israel, estabelecida pelas Nações Unidas em 2000.

Del Col também disse: “Devemos firmar o arranjo da Linha Azul como ferramenta essencial para evitar conflitos”.

Vale notar que as conversações indiretas sobre a demarcação das fronteiras marítimas entre Israel e o Líbano tiveram início em outubro de 2020.

Cinco rodadas de negociações, mediadas pelos EUA e negociadas pela ONU, foram realizadas, sendo que a última ocorreu em maio.

LEIA: Hezbollah adverte Israel contra perfuração em área marítima disputada

Categorias
Ásia & AméricasEstados UnidosIsraelLíbanoNotíciaONUOrganizações InternacionaisOriente Médio
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments