Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

A melhor maneira de lidar com o Irã é diplomaticamente, não militarmente, aponta EUA

O presidente dos EUA, Joe Biden, parte após falar no Cross Hall da Casa Branca em Washington, EUA, na quinta-feira, 20 de maio de 2021 [Yuri Gripas/Abaca/Bloomberg via Getty Images]
O presidente dos EUA, Joe Biden, parte após falar no Cross Hall da Casa Branca em Washington, EUA, na quinta-feira, 20 de maio de 2021 [Yuri Gripas/Abaca/Bloomberg via Getty Images]

O governo do presidente americano, Joe Biden, prefere esforços diplomáticos em vez de militares para reviver o acordo nuclear iraniano, informaram agências de notícias.

Durante uma reunião com seu homólogo israelense, Eyal Hulata, o conselheiro de Segurança Nacional dos Estados Unidos Jake Sullivan disse: “Este governo acredita que a diplomacia é o melhor caminho para atingir esse objetivo, ao mesmo tempo que observa que o presidente deixou claro que, se a diplomacia falhar, os Estados Unidos estão preparados para recorrer a outras opções”.

Sullivan não mencionou quais podem ser as outras opções.

Washington diz que o novo governo do Irã projeta interesse, por meio de intermediários, em retomar as negociações que ocorreram em Viena com o objetivo de reativar o acordo, mas estão inativas desde junho, informou a mídia israelense.

“Ainda acreditamos fortemente que o caminho diplomático continua sendo o melhor caminho para resolver esta questão”, disse um alto funcionário dos EUA a repórteres durante uma entrevista coletiva na segunda-feira. “Desde que entramos, não suspendemos nenhuma sanção, não vamos pagar adiantado e deixamos isso bem claro.”

Enquanto isso, uma leitura da Casa Branca disse que Sullivan enfatizou, durante sua reunião com Hulata, o “compromisso fundamental de Biden com a segurança de Israel e com a garantia de que o Irã nunca obtenha uma arma nuclear”.

LEIA: Biden promete ‘diplomacia implacável’ em defesa da democracia

Categorias
Ásia & AméricasEstados UnidosIrãNotíciaOriente Médio
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments