Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Palestina restabelece estado de emergência pandêmico

Um trabalhador médico coleta uma amostra de esfregaço nasal para um teste de coronavírus em Ramallah, Cisjordânia, em 2 de março de 2021 [Issam Rimawi/Agência Anadolu]

O presidente da Autoridade Palestina (AP), Mahmoud Abbas, restabeleceu hoje o estado de emergência na Cisjordânia ocupada por 30 dias após um aumento no número de infecções por coronavírus, informou a Wafa.

O ministro da Saúde, Mai Al-Kaila, disse que 1.340 novos casos foram confirmados nos territórios palestinos ocupados hoje, junto com 22 mortes. Ela também relatou que 1.989 pessoas se recuperaram do vírus.

Cerca de 72 pacientes com covid-19 estão em tratamento intensivo, incluindo 21 em ventiladores.

Enquanto isso, Gaza registrou 1.065 casos e cinco mortes em sua população de dois milhões.

A Palestina foi atingida pela covid-19 em março de 2020, forçando a AP a impor um bloqueio por nove meses consecutivos em um esforço para conter a propagação da pandemia.

Os fechamentos, junto com o aumento da ocupação, fizeram de 2020 o pior ano para a economia palestina desde o estabelecimento da AP em 1994, disse a Conferência da ONU sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD, na sigla em inglês) em um relatório no início desta semana.

LEIA: Economia palestina foi afetada por vírus e ocupação israelense em 2020, diz ONU

Categorias
CoronavírusIsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Show Comments